Tráfego Condicionado – Navarra e Guipúscoa
Maio 16, 2018
A UETR se posiciona em relação ao Terceiro Pacote de Mobilidade promovido pela Comissão Europeia.
Maio 21, 2018
Mostrar tudo

Recentemente a Organização Europeia de Transitários, Transporte, Logística e Serviços Aduaneiros (Clecat), elaborou uma Declaração Conjunta, onde requisitaram formalmente ao Parlamento Europeu, que no âmbito da revisão da Diretiva de Destacamento, leve em consideração a natureza de trabalhadores móveis dos motoristas afetos ao transporte internacional e como tal, não os considere trabalhadores destacados.

A Associação Europeia que representa as empresas de entregas expresso (EEA) e a Federação Internacional de Transitários (FIATA) também apoiaram a Clecat.
De acordo com estas organizações é importante garantir que existam condições para um transporte efetivo e fiável na Europa, com regras simples, uniformes, claras e de fácil execução, que facilitem as operações de transporte, protejam os trabalhadores do sector e assegurem um ambiente competitivo em condições justas.

Em resumo, no documento que foi assinado pela CLecat, EEA e Fiata, foi requerido aos Comités do Transporte e Emprego que seja levada em consideração, as consequências negativas que uma sobreposição de leis pode trazer para o setor dos transportes.

 

Free WordPress Themes, Free Android Games