Organização Europeia de Transitários, Transporte, Logística e Serviços Aduaneiros solicita revisão da Diretiva do Destacamento
Maio 16, 2018
O novo regulamento sobre estiva de cargas entrou em vigor a 20 de maio, sem os devidos esclarecimentos do Tráfego sobre as responsabilidades dos transportadores
Maio 21, 2018
Mostrar tudo

A União Europeia dos Transportadores Rodoviários (UETR) aprecia os esforços da Comissão Europeia para a modernização dos transportes, tendo em conta as necessidades e especificidades dos pequenos transportadores.

A UETR que integra a FENADISMER, ANTP e outras associações europeias de pequenas e médias empresas de transporte rodoviário, congratula-se com a terceira proposta do pacote da mobilidade, abordando uma série de desafios que o sector enfrenta (emissões, segurança, veículos conectados e automatizados ...).

As PME do sector dos transportes rodoviários estão preparadas para tirar o máximo de oportunidades oferecidas pelas tecnologias digitais, promovendo a segurança, a qualidade dos transportes e a economia de tempo, custos e emissões, com o apoio de investimentos públicos adequados em infraestruturas, tecnologias inteligentes e formação profissional para pequenas transportadoras.
Os níveis de redução de emissões propostos pela CE são ambiciosos e o impacto dos preços dos novos camiões na atividade econômica das empresas terá que ser considerado.

As novas tecnologias e os documentos eletrónicos também devem ser utilizados para reduzir os encargos administrativos e, ao mesmo tempo, aplicar de forma efetiva e uniforme a legislação da UE. Esta é uma oportunidade para não se perder. A UETR insiste em que as autoridades de controlo também terão que estar conectadas, para uma melhor segurança e competitividade que andem a par com a concorrência leal no mercado dos transportes rodoviários.
A aplicação internacional e transfronteiriça dos conceitos de logística existentes e a possibilidade de modificações aerodinâmicas adicionais nos veículos também são bem-vindas como outra ferramenta para eficiência de combustível e sustentabilidade ambiental.
A UETR valoriza positivamente a visão da CE sobre a tecnologia de veículos autônomos: claramente ainda há muitas incertezas a serem abordadas (por exemplo, ainda é desconhecido quando e em que medida os motoristas deixarão uma série de tarefas para o veículo assumir o controle, e em quais estradas em toda a UE, escassez de controladores e automação, etc.). A coordenação também é necessária com uma série de aspectos atualmente abordados no Pacote de Mobilidade I (por exemplo, tempos de condução e descanso, uso do tacógrafo, acesso à profissão).

Um novo modelo de negócio pode tornar a profissão do transportador mais atraente e "inteligente", mas isso exigirá um grande esforço, uma visão de longo prazo e uma abordagem global. A automação e outras inovações mudarão a natureza fundamental do transporte rodoviário.

A UETR está preparada para fazer a sua parte do trabalho com os decisores políticos para compreender estas mudanças e seguir em frente.

 

Free WordPress Themes, Free Android Games